Boas Práticas: O que faz a diferença

O contexto económico impõe às organizações, uma fortíssima orientação para a produtividade, qualidade, eficiência e competitividade. As pessoas passam de recurso organizacional mais importante para parceiro principal do negócio. A gestão destes parceiros introduz novos desafios:

-Conhecimento e partilha da visão, valores e objectivos de desempenho para que todos os parceiros possam estar alinhados;

-Partilha a todos os níveis, resultados, poder, valorização profissional e pessoal.

-Promoção do desenvolvimento: competências essenciais, compreensão da dinâmica económica e parceiros capazes de se gerirem a si próprio em contextos adversos.

A Gestão de Pessoas proactiva utiliza ferramentas (desempenho, compensação, desenvolvimento, comunicação) de compromisso, adaptadas a este novo cenário. Desenvolve parceiros realistas e saudáveis que façam escolhas bem-fundamentadas.

Paula Tomás

Destaques
À Medida da sua Empresa
Assessment
Coaching
Managing Director

Categorias:Artigos Formação Tags:Formação Paula Tomás Consultores Práticas PTC

Partilhar esta Publicação

Comentar

*