Como Redigir um CV

Muito se tem escrito sobre como redigir um Curriculum Vitae, basta por exemplo, alguns minutos na Web para encontrarmos fórmulas e directrizes de “ como escrever um CV”.
A verdade é que apesar da Web nos auxiliar na identificação das áreas mais importantes a mencionar, o uso destes formatos limita-nos a expressão criativa e a apresentação das nossas capacidades. Exemplo disso é o europass cv, um modelo criado pela União Europeia, para uniformizar o tipo de candidaturas que, se por um lado facilita o rápido acesso à informação sobre os candidatos, por outro não permite que os CVs se diferenciem pela originalidade, design, espontaneidade e até qualidade da informação descrita.
Quando sabemos que a informação retirada da leitura do CV nos primeiros 10 a  15’ segundos são para o técnico de recrutamento os suficientes para decidir  se continua interessado em analisar a candidatura, então como devemos elaborar um CV para que este se destaque dos outros?
Em vez de listas detalhadas de acções de formação ou de projectos que desenvolveu, apresente esta informação agrupada por temas; Utilize o negrito e o sublinhado para evidenciar as suas vantagens profissionais; Introduza caixas de texto para destacar informação relevante para a função em causa; No capítulo da Experiência Profissional, refira as empresas onde trabalhou, quando e durante quanto tempo. Não salte datas. Faça uma breve descrição das funções desempenhadas; considere também a apresentação de referências profissionais mesmo antes de lhas pedirem.
Outras recomendações para a construção de um CV:
- Adapte o seu CV em função do posto a que se candidata
- Apresente as habilitações e aptidões de forma directa e objectiva, valorizando os seus pontos fortes e dê exemplos;
- Faça um CV sucinto, com o máximo de 3 páginas
 - Evite juízos de valor ou comentários e cinja-se a factos;
- Use palavras simples e frases curtas. Transmita uma ideia por parágrafo, evitando que o mesmo ultrapasse as 5 linhas;
 - Quando utiliza siglas, deve escrever logo de seguida o seu significado.
- Utilize a 1ª pessoa ou a 3ª pessoa do singular preferindo a utilização de verbos de acção.
    Ex: desenvolvi, criei, construí.
Erros e excessos que comprometem a escolha de um CV
- Atenção aos erros ortográficos e à acentuação das palavras, releia o CV antes de o enviar;
- Coloque a fotografia no CV apenas quando solicitado, neste caso, opte por fotografias tipo “passe”
- Evite endereços de e-mail tipo fofuxakidah@…. ou surfista.billabong@
- Cuidado com a imagem do seu currículo, é recomendado a utilização de letras como Arial ou Times New Roman nos tamanhos 11 ou 12.
Por último e considerando as dificuldades do actual mercado de trabalho e de forma a reforçar a qualidade do seu CV, faça-o acompanhar, sempre, por uma carta de apresentação.
A carta de apresentação tem como objectivo despertar o interesse da entidade empregadora , na qual se deve evidenciar dois a três aspectos: personalização do contacto, experiência profissional mais relevante (duas ou três  linhas) e motivações para a candidatura.
Ao elaborar a sua carta de apresentação deve procurar redigi-la de forma breve mas completa, não devendo exceder a extensão máxima de uma página. Atenção: não envie fotocópias da carta de apresentação, nem a copie da Internet, ao fazê-lo está a demonstrar falta de interesse na empresa.
Alice Canhão
Consultora sénior da Paula Tomás Consultora e Responsável pelo Recrutamento e Selecção
e
Cristina Catita
Consultora júnior da Paula Tomás Consultora

Categorias:Artigos Tags:Carreira CV emprego Paula Tomás Consultores PTC

Partilhar esta Publicação

Comentar

*