Liderança de Excelência – as 5 práticas para obter resultados


Deprecated: Non-static method Mappress_Options::get() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/ptomasco/public_html/wp-content/plugins/mappress-google-maps-for-wordpress/mappress.php on line 231

A Paula Tomás Consultores tem vindo a desenvolver o modelo das Cinco Práticas de Liderança de Excelência, através da sua aplicação em ações de formação sobre Liderança Organizacional. Ao contrário de um modelo teórico e complexo sobre Estilos de Liderança, ou de um modelo quase matemático, este pretende apresentar a Liderança de Excelência de uma forma extremamente simples e pragmática. É esta simplicidade que o distingue de todos os outros e lhe dá fiabilidade nos resultados.

Tendo por base as pesquisas de Kouzes e Posner, os quais, desde os anos 80, tentam combater a ideia de liderança enquanto atributo inato ou ancorado em caraterísticas da personalidade, o modelo respeita um conjunto de princípios que reconhecem Liderança como: um relacionamento; uma responsabilidade de todos; um processo contínuo de auto-desenvolvimento; uma competência aprendida.

Jim Whittaker, o 1º Norte-Americano a subir o Everest, comentava um dia: “Tu nunca conquistas a montanha. Tu conquistas-te a ti próprio, as tuas dúvidas e os teus receios.” O mesmo se pode dizer em relação à liderança. Os líderes não conquistam as organizações, nem tão pouco a liderança. Conquistam as suas próprias dúvidas e os seus receios sobre como liderar, numa palavra, a sua auto-confiança.

Modelar o caminho, Inspirar uma visão comum, Desafiar o processo, Habilitar os outros a agir e Encorajar o coração são as Cinco Práticas de Liderança de Excelência apresentadas como orientações para todos aqueles que querem mobilizar as suas equipas e obter resultados através do comprometimento dos colaboradores. Como passar à ação?

• Modelar o caminho – Liderar a partir daquilo em que acredita, começando por clarificar os seus valores pessoais; Dar o exemplo, ser o modelo de comportamento que espera dos outros; Alcançar o direito e o respeito para liderar através do envolvimento e ação individual direta.

• Inspirar uma visão partilhada – Ter uma visão do futuro, imaginar as possibilidades atrativas para toda a organização; Envolver os outros numa visão comum, a partir do conhecimento profundo dos seus sonhos, esperanças, aspirações e valores.

• Desafiar o processo – Reconhecer boas ideias, sustentá-las e mostrar vontade de desafiar o sistema para obter novos produtos, serviços e sistemas adotados; Experimentar e correr riscos, originando constantemente pequenas vitórias e aprendendo com os erros.

• Habilitar os outros a agir – Promover a colaboração de todos, fomentando objetivos cooperativos e construindo confiança; Valorizar os outros, partilhando poder e discrição; Utilizar a palavra “Nós”.

• Encorajar o coração – Reconhecer as contribuições, através da apreciação pela excelência individual; Celebrar os valores e as vitórias, criando um espírito de comunidade.

Como se pode constatar, não se tratam de teorias complexas ou modelos lógico-matemáticos, mas sim, de um conjunto de comportamentos, centrados na relação líder/colaboradores, que facilmente se põem em prática e se traduzem em resultados positivos, não só para os protagonistas, como para a organização.

A utilização deste modelo pretende identificar os pontos fortes e a desenvolver quanto à aplicação real das 5 práticas de liderança, através do LPI – Leadership Practices Inventory. Este, aplicado a 360º, constitui um eixo central enquanto ferramenta de feedback individual dos comportamentos de liderança. A partir do diagnóstico, é elaborado um plano de acção concreto, com o objectivo de conduzir os profissionais a atingir uma liderança de excelência.

Este instrumento é composto por um conjunto de afirmações sobre comportamentos base e escalas independentes de liderança. Apresenta um elevado nível de fiabilidade e validade, ao longo de 20 anos de experiência, estabelecendo correlações positivas e significativas com medidas de credibilidade do líder, comprometimento dos colaboradores, trabalho de equipa e empowerment, produtividade, performance e eficiência, bem como redução de turnover e absentismo.

Os profissionais que adoptam as Cinco Práticas de Liderança de Excelência, são vistos como indivíduos que:

• São mais eficazes em alcançar resultados;

• Têm mais sucesso a defender os seus departamentos;

• Criam equipas de elevado desempenho;

• Promovem a lealdade e o compromisso;

• Aumentam os níveis de motivação;

• Promovem elevados níveis de envolvimento nas suas organizações;

• Reduzem o absentismo, turnover e as taxas de despedimento;

• Possuem níveis elevados de credibilidade pessoal.

Tendo como ambição tornar cada gestor e respectiva equipa mais eficientes, a formação neste modelo destina-se a todos os profissionais que pretendam desenvolver as suas capacidades de motivação e liderança junto das suas equipas.

De uma forma simples, concreta e objetiva, pretende-se encontrar a resposta à questão: Como posso atingir a liderança de excelência? Aplicando as cinco práticas de liderança! Esperamos, deste modo, continuar a contribuir para o desenvolvimento e êxito dos líderes portugueses.

Categorias:Liderança Tags:Formação Liderança Paula Tomás Consultores PTC

Partilhar esta Publicação

Comentar

*