Blog






Se o trabalho está a afetar a sua saúde, há pequenos hábitos que podem mudar



A maioria de nós passa a maior parte do seu dia no trabalho. Este tempo é necessário para a nossa realização pessoal, para atingirmos objetivos, obtermos um rendimento e até para aumentarmos a nossa rede social, mas pode afetar a nossa saúde psicológica.

Já pensou sobre isso? A sua saúde emocional pode ser afetada pelo seu ambiente de trabalho?

Hoje em dia, a maioria dos trabalhadores quer encontrar o local de trabalho ideal para si, com uma cultura adequada, uma dose certa de motivação e até de felicidade, essa sim tem sido a procura constante, mas será que a pode obter? Como?

Todos os trabalhos implicam stress, quando nos preocupamos com um determinado projeto, quando temos metas para cumprir, quando as cumprimos mas sentimos que o nosso trabalho não é valorizado pelo nosso superior, quando não temos um bom ambiente de trabalho, ou até quando trabalhamos horas a mais que não aumentam o nosso bom desempenho, tudo isto pode fazer com que nos sintamos emocionalmente sobrecarregados, desanimados e exaustos.

Muitas organizações acreditam que este é um fator individual, mas a verdade é que é uma questão colectiva, um verdadeiro trabalho de equipa entre as organizações e os colaboradores, por isso ouvimos constantemente dizer que as pessoas fazem os locais, mas estas pessoas precisam de um estímulo positivo.

Por isso, segundo o Ekonomista é necessário que as organizações prestem atenção a quatro fatores importantes para cultivar um ambiente de trabalho mais saudável, com colaboradores mais felizes e consequentemente com melhores resultados.

1. Reconhecer e valorizar os funcionários: é necessário que o empregador reconheça e valorize os pontos fortes do seus colaboradores, colocando-os em posições que os permita desenvolvê-los.

2. Encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e a vida familiar: é importante que os colaboradores sintam e identifiquem que a organização reconhece a necessidade do equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.

3. Disponibilizar recursos de saúde mental e gestão de stress: Há várias organizações que disponibilizam programas de bem-estar e de ajuda aos funcionários.

4. Disponibilizar programas que incentivem à adoção de um estilo de vida saudável: os problemas mentais e fisícos são os principais responsáveis pelo absentismo e uma menor produtividade por parte dos colaboradores, por isso é necessário que as organizações disponibilizem programas que incentivem, por exemplo, a prática de exercício físico, a uma alimentação saudável e à cessação tabágica.





atendimento telefónico e presencial |  avaliação de desempenho |  coaching e pnl |  comunicação e assertividade |  consultores |  consultoria de recursos humanos |  desenvolvimento pessoal |  formação |  formação de formadores |  formação e-learning |  gestão do tempo |  inteligência emocional |  liderança e gestão de equipas |  teambuilding |  técnicas de venda |